domingo, 14 de outubro de 2012

Eis que DEUS esta com o prumo,
Para aprumar nossa vida,
Com a balança, para pesar nossas ações,
E com o metro,
Para medir a altura e a largura do nosso coração.

Mas quem suportara o justo juízo de DEUS!
Pois ele e como o fogo do ourives e como a potassa dos lavandeiros.

Assentar-se-á DEUS,
como o derretedor e purificador de prata;
Purificara, e nos refinara a alma como ouro e como a prata.

Assim como ourives, DEUS nos forja para vida,
Com o fogo da adversidade nos amolece,
Com as marretadas das perdas, nos molda,
E com as águas do sofrimento nos enrijece.

E com o metro,
Remede,
A intenção oculta de nosso coração.