domingo, 26 de setembro de 2010

devaneios d 1 louco

ergo os meus olhos para o firmamento, e pergunto!quem o fez? quem esquadrinhou, traçou, firmou os caminhos dos ventos? quem deu ermo, limites aos mares?


OXALÁ! DEUS, me dê o entendimento dos sábios! a ciencia da essência das ciencias!
oq leva o homem a ser feliz? oq é a tal felicidade! é d comer? onde se compra? me diz! hã, hã, hã!
e a sabedoria! pra q serve?
pra q no fim das contas, olhemos para nós mesmos e nos julgar-mos loucos?! isto é sabedoria?

q proveito temos nós da vida? hã, hã, hã!
a sua vida, só lhe diz respeito a tí? ou tuas decisões é refletida, como num efeito em cadeia,afetando todos os q t sercam! sua vida é verdadeiramente sua?

me diz o verdadeiro centido da vida!
oq realmente valha a pena! e oq num vale?

digo por mim! procurei, corri atraz do tal conhecimento, e do bom ciso, + q 1 pirata, corre atraz d tezouros escolhidos. escondidos!
lí, relí! li 1 livro por semana!
para agoara. agora! rsrsrs agora chegar a compreender a decadencia do sábio dos sábios!
o grande rei SALOMÃO!


tudo é vaidade, + vaidade, sobre a face da terra,
e debaicho do sol!
(tudo é vaidade e aflição d espirito!)

o homem só tem 1 coisa d útil na vida!
os frutos do nosso suor!
tudo o +, é vaidade de vaidades,diz o pregador, tudo é vaidade!

alem do +!
não há limites para se enventar livros!
e o muito ler, enfadonho é!
e junto com o conhecimento, vem a aflição d espirito!

vc é, oq vc lê!
e quanto + vc ler!+ conhecimento vc adquirir. + terá aflição d espirito!

pq tudo está errado, é errado! e quem mudará?
rsrsrs
será q intendeu, o desabafo deste pobre louco?
rsrsrs bjos

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

melancolia


Quando olhares para os quatro cantos,
Do mundo, e nada lhe fizer feliz.

Relembre os momentos felizes.
E jamais pense.
Fui feliz um dia.
Mais sim para dizer.
Serei mais feliz que naquele dia.

Sinta tristeza, chore quando sentires dor.
Se estiveres contente, sorria.
Pois, se até as rosas tem espinhos.
Porque viveríamos sem um pingo de dor????

Se em sua estrada, as curvas
Terminarem na escuridão.
Não se preocupe, sempre haverá,
Alguém que lhe estenda uma mão.
bjão

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

PARADÓXOS


Ossilam num só corpo, uma só mente,
dois querer distintos.
Um certeza tem, e o outro duvida.
Que um deseja a DEUS, e o outro ao dêmonio.

Se de triste rí, alegre chora.
na tentativa louca, há sensatez odeia,
mas o amor não ingnora.
As vezes tem de tudo, as vezes escarsez.

Tentando ser perfeito, é a própria imperfeição.
A honestidade presa no peito do ladrão.
e um réu culpado, por a mão na consiência,
é ter a mão na arma, e alegar inocência.

Ver grandeza no mediucre com gratidão,
e o ser precipitado, mas com ponderação.
Tendo a mesa farta, e reclamar que falta o pão.
É ter alguem bem perto, e sofrer de solidão.

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

vou te dar, meu endereço


Moro na esquina da tristeza.
Para chegar lá, pegue a rua
Da ilusão, siga enfrente,
Com um pouco de carinho,
Mais preste muita atenção.

Avistará uma pinguela
Chamada solidão.
No fim desta pinguela, haverá
Uma grande avenida,
Que todos chamam de emoção.

Chegando lá verás uma loja,
Escrita em um grande cartaz, felicidade.
Na esquina estará um enorme prédio,
Logo na entrada avistará um grande recado.

VOCÊ ESTÁ SENDO FILMADA!!!

No fim do corredor, estará minha
Humilde morada, chamada coração.
Se você, em algum momento,
Se perder ou desanimar, é só
Me ligar ( 0000-0000 ) que com
Todo prazer eu irei te buscar.
BJOS!!!

segunda-feira, 6 de setembro de 2010



PRINCESA

Se Almenos eu pudesse
Correr e pular em teus braços,
Como uma criança corre
Para os braços maternos...

Eu suspiraria de olhos
Bem fechados, por um
Breve e eterno momento
Pelo qual jamais vivenciei.

Se almenos pudesse enxergar,
Algo que jamais vi.
Contemplaria em teus olhos,
A luz do seu olhar.

Teu sorriso é simplesmente,
Arrebatador.
Que alivia, com apenas uma
Vaga lembrança.

Toda minha tristeza.
E anestesia toda minha dor.
BJOS