domingo, 13 de novembro de 2011

Paz no vale

Haverá paz no vale.
Lá onde o sol e a lua,
Lado, a lado,
Lutam contra as trevas.

Onde os pássaros nunca
Cessam de cantar.
Onde as águas são limpas,
E as flores nunca morrem.

Onde os animais selvagens,
Andam lado, a lado, com os homens.
E a alma, repousa em meio a pastos verdejantes,
E águas cristalinas.

Haverá paz no vale!!!!
Alem do rio azul,
Ali não à tristeza,
Ali não há, de ter dor!!!

Podes tu!!!!!!!
Tristeza e dor!
Nunca mais!
Nunca mais!!!
15/10/06

Nenhum comentário:

Postar um comentário