domingo, 24 de julho de 2011

SER FELIZ, É!

Tirar do nada um sorriso,
É cantar quando se está triste.
É perdoar a mais pesada ofensa.

É olhar para seu prossimo,
Dar um sorriso, e dizer! Como vai?
É estar no seu pior dia,
E ligar prá alguém, e dizer. Tudo bem?

É sentir-se só, e não sentir solidão.
É ouvir os problemas sem julgá-los,
E dizer!
Vai amigo, corre atras dos seus sonhos.

É cantar, sorrir, chorar,
Pular, dançar, correr.

E parar, respirar bem fundo,
E ser grato, pelas pequenas gentilezas.
E não, pelas promessas de ilusão,
De uma grande paixão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário