domingo, 28 de novembro de 2010

EM FIM, É NATAL!


affffff, maria mamãe d DEUSSS!!!
q direi eu?


ergo os meus olhos rumo ao acaso do futuro,
e nada vejo, alem do caso, do acaso.
já não há balsamo sobre a terra!
nem médicos q não possa tratar, curar, as almas feridas,S2 partidos, corpos inertes, 100 vida!
os sentimentos d outrora, se vão.
+ d x em quando, a nostalgia d natal, os trazem d volta!
háaaaá, mente tirana, alma ferida, S2 d perdido!
mal-tratamos!
mal-dizemos!
a sinceridade se foi.
hj impera o reino da hipocrisia!
Somos falsos do olhar ao andar!
não existe + confiança, nem entre irmãos.

onde passamos o ano intero tentando quebrar as pernas do companheiro.
as pessoas nada +, nada -, são como escadas,
Pra mode nós subirmos na vida!

estamos armados inté aos dentes, d falsidade, arrogância, indiferença!
cada 1 em seu mundinho d faz d contas,
Repelindo os companheiros, colegas e irmão,
Com a couraça da insensibilidade!

Por que fazemos tal coisa!
Por que temos medo d sofre?
Talvez!

+ no fundo... Bem lá no fundo!
é q somos egoistas d+!
nosso eu sempre nos fala + alto...
tudo é pra nosso bel prazer!
eu quero, eu vou, eu sou...
me dáaaaaa... Me doe! Anda, é pra já!
assim passamos a vida,
e os anos se vão, pras cuncunhas!

+ ai vem o natal.............!!!!
enfim, o tal natal nos traz ânimos novos!
reflexões , encima d reflexões, nos trazem a tona traves.
enfim,1 segundo d lucidez brilha no negrume azul d nossas almas!
por incrível q pareça... nestes breves momentos, do nada. Absolutamente do nada!
Nos tornamos humanos.
a essência d criança, nos baixa, e tudo fica + colorido, + bonito!
e nesta lucidez, embriaguez d vinho barato, nos dura 1 mês!
e seus vestígios ainda se vêem Inté no carnaval.
aí camarada!
o velho eu entra em cena, afoga o novo eu em tal melancolia.
q voltamos as velhas praticas d outrora!
Assim passamos ano... Após ano, louco pra nos libertar!
Correr feito criança pra podermos, não dar!
+ sobretudo receber 1 simples aperto d mão, 1 abraço, 1 bjo d criança!
No natal podemos nos libertar, com a desculpa q é natal, abraçar-mos
E beijar-mos todos, com a desculpa . é natal!
+ no fundo!
Desejamos receber estes simples apertos d mãos, 1 simples abraço, ou inté 1 simples bjo no rosto, todos os dias d nossa vida!
No fundo!
Somos totalmente carentes!
Necessitados d 1 afago!
Ser-mos vistos, reconhecidos,
D ser-mos, amados!
FELIZ NATAL!
Q ESTE NATAL PERDURE 365 DIAS D SEU ANO!
E q VC POSSA FAZER D SUA VIDA, 1 ETERNO NATAL!
+ 1 X!
1 FELIZ, NATAL!!!!!

5 comentários:

  1. Ei sumido... Realmente o natal poderia durar todo um ano, talvez assim as pessoas façam mais... Já que as pessoas julgam essa data como ``UM´´ dia de realizar boas ações, sendo que ``AJUDAR´´ deveria ser em todo tempo, a toda a quem precisar. É fazer sempre o bem sem olhar a quem!!!

    ResponderExcluir
  2. affff! sumí caldiquê to ralando feito burro véí!
    + em fim! estou com tigo e num abro jamais gataça!

    ResponderExcluir
  3. Muito belo seu texto Waltin!
    Irei posta-lo em meu blog hoje com seu nome claro e link!
    B-Jos.
    =)

    ResponderExcluir
  4. Oi denovo Waltin, você viu no meu blog a postagem do dia 1°? Seu texto está lá...

    B-Jos.

    =)

    ResponderExcluir
  5. poxa!
    oq é meu, é seu!
    entre e faça como a C&A!
    use-me e abuse-me! sou totalmente teu, gata!
    é 1 honra, estar em teu blog gata!

    ResponderExcluir